FOR PET - Pet Shop, Banho e Tosa e tudo para seu pet - São Caetano do Sul, SP

atendimento@forpetsaocaetano.com.br(11) 2629-3834

FOR PET SÃO CAETANO

Cães também podem ter Conjuntivite

A conjuntivite canina é uma doença comum, mas poucos tutores percebem os primeiros sinais do problema nos olhos dos cães.

Quinta, 30 de maio de 2019


A conjuntivite está entre as doenças oculares que mais comumente acometem os cachorros e pode causar muito incômodo ao seu peludo. Trata-se da inflamação da mucosa que recobre as pálpebras e a parte branca do olho, chamada de conjuntiva. Sua função é proteger os olhos. Uma boa notícia é que a conjuntivite humana não afeta os cães e vice-versa. Entre os pets também é difícil de haver o contágio, já que a maioria dos casos de conjuntivite canina são causados pelo ressecamento dos olhos, traumas ou corpos estranhos.

Algumas raças de cachorro são mais comumente acometidas pelo desenvolvimento de doenças oculares, como o buldogue francês e inglês, shar-pei, pug, chow chow, entre outras. Fique atento aos sintomas e saiba como ajudar o seu pet!

Sintomas

No início da conjuntivite canina, pode ocorrer uma leve irritação nos olhos do cão e não chamar tanta atenção do tutor. Com o tempo, a situação da doença pode piorar e levar aos seguintes sintomas:

– Olhos avermelhados;

– Lacrimejamento;

– Inchaço;

– Dor na região;

– Secreção e remelas;

– Dificuldade para manter os olhos abertos e ficar sempre com eles fechados, semifechados ou piscando o tempo todo;

– Coceira nos olhos;

– Sensibilidade à luz.

Causas

Não existe apenas uma causa para a conjuntivite canina. Conheça as principais:

– Ressecamento ocular

– Traumas

– Corpo estranho

– Bactérias ou fungos

– Doenças secundárias, como a alergia, como cinomose e leishmaniose, que podem comprometer a imunidade do animal e abrir as portas para complicações oculares.

– Poluição

Como identificar a conjuntivite canina

Ao notar um ou mais sintomas da conjuntivite canina, procure um médico veterinário de confiança. De acordo com a gravidade da doença, seu cachorro poderá ser encaminhado a um oftalmologista veterinário. O especialista irá identificar a origem do problema por meio do exame físico e outras avaliações específicas.

Tratamento e Prevenção

Nunca se deve medicar o cachorro sem a orientação de um veterinário, inclusive quando o problema é a conjuntivite canina. Somente o profissional poderá indicar os remédios adequados para cada caso. A recomendação para o tratamento pode incluir colírios ou pomadas, com antibióticos e anti-inflamatórios.

É sempre importante ter cuidado com a higiene dos olhos dos cães, limpando com soro fisiológico ou solução específica para os olhos a sujeira entre os pelos e as remelas.

Também é importante evitar o contato de produtos de higiene e limpeza com os olhos dos peludos, ainda mais em pets alérgicos. Ao perceber qualquer alteração nos olhos do pet que indique a conjuntivite canina, procure um veterinário.

Fonte: Dog Hero


TAGS desta postagem

voltar